Tipos de Safari na África do Sul

 

Tudo que ficou mais claro no meu coração com relação à Africa do Sul, é que lá é o melhor lugar do mundo para ter contato direto com os animais, e um lugar que muda a vida, por isso, vale muito a pena guardar as economias e investir nessa experiência.

Além de conhecer pessoas incríveis e ouvir histórias de tirar o fôlego, em lugares como esse é possível conhecer mais da real vida selvagem.

Mesmo com essa popularidade toda, muita gente, mesmo lá na África do Sul, fica muito em dúvida sobre o que fazer principalmente quando o assunto é Safari.

Vivenciei algumas coisas na terra do Mandela, e aqui vão algumas dicas:

Para escolher o safari, é preciso entender a proposta, e levar em consideração quanto tempo tem disponível e o quanto pretende gastar.

O que é um safari?

O safari é um jogo, que consiste em passeios em carro (ou a pé) afim de observar a vida animal, vegetação, e meio ambiente local. Pode ser feito em carros fechados, carros próprios ou 4×4 abertos.

Lá, chamam de Big Five os 5 maiores e mais difíceis animais da África. São eles: Leão, Búfalo, Rinoceronte, Leopardo e, claro o elefante.

Kruger Park, O Safari

O Kruger National Park é um dos maiores locais para Safari da África do Sul. Lá é um dos melhores para curtir os animais selvagens em seu habitat, e dá realmente pra sentir a vibe de vida selvagem.

No Kruger  TUDO é natural (lagos rios florestas, descampados, vegetação e e etc), e como mencionei os animais nasceram lá.

Estive no Kruger durante 4 dias no acampamento (existe opção de quartos privativos e mais luxuosos também).  Dormi em uma cabana, e foi incrível, porque as hienas chegam pertinho a noite, tem manada de elefante passando perto de madrugada… MUITO MASSA!

326974_334832379860627_483532218_o
Camping no Kruger

 

IMG_1044
Elefante selvagem
IMG_1047
Hienas, perto do acampamento
IMG_1173
Elefante Selvagem

IMG_1174

IMG_1175

IMG_1177
Insira um título

IMG_1178

Como eu disse em postagens anteriores o GAME 4×4 (ou Safari), é literalmente um jogo, pois pode-se ou não encontrar os animais.  Algumas pessoas não conseguem ver todos, nem após 4 dias de busca.

IMG_1195
Israel, nosso guia por 4 dias de safari.

É cansativo mas vale muito a pena. As histórias contadas pelos guias, a grandiosidade dos animais, e nos depararmos com a nossa fraqueza, muda a vida.

Todo o pacote (contando passagem aérea, hospedagem em Johannesburg e o Safari, desembolsei R$ 2,000.00 em 2011, aproximadamente).

Para este passeio é necessário dispor de pelo menos 5 dias (4 dias só no Safari) pois é necessário estar em Johannesburg as 6:00 a.m. para a saída rumo ao Kruger Park.

A chegada acontece 4 dias depois a noite.

IMG_1375

Existem outros pacotes de menos dias no Kruger. Mas como é uma das experiências mais incríveis na África, recomendo que sejam dedicados mais dias a ele.

Game Lodge

Antes de ir parar no Kruger, fiz um Safari menor no caminho do Garden Route [rota bem famosa que vai da Cidade do Cabo até Port Elizabeth].

Neste lodge, é possível ver o BIG FIVE (Leão, Leopardo, Búfalo, Rinoceronte e Elefante), mas é bem menor.

Você consegue ver os bichos mais de perto. No entanto, essas reservas geralmente são “arranjadas”, ou seja, foram montadas, cercadas e os animais foram postos lá, não é onde nasceram.

É possível tirar boas fotos neste tour que leva cerca de 3 horas sobre um carro aberto.

394731_338575286153003_1561004037_nsa-gardem-route-2378.jpg

Para este Safari, é interessante fazer o Garden Route (Rota 62 pelo litoral Sulafricano), é o que vale mais a pena. TODA trip do Garden Route custou ficou em torno de R$1.000,00 (em 2011) + extras opcionais (Game 4×4 100,00 reais aproximadamente), e você dispõem de 4 a 5 dias. Nesses dias você conhece muitas praias, passa por santuários de Elefante parques nacionais e etc.

Safaris em Cape Town e Wine Lands

Existe ainda”safaris menores” em Cape Town, que custam em torno de R$150 reais, em que você com certeza verá a maior parte dos bichinhos, mas é no esquema quase zoológico. Não tem aquele ritmo aventureiro de vida selvagem, como no Kruger.

NO ENTANTO,  se a ordem é não gastar muito e tempo em Cape Town é pouquíssimo, uma opção em que você consegue ter contato com os bichos, mas que NÃO é safari, é o tour pelas WINE LANDS, em Cape Town.

Lá, além de provar os vinhos, é possível conhecer as CHEETAS [guepardos] – um dos animais mais rápidos do mundo –  e conhecer um viveiro de pássaros MUITO MASSA.

Wine Lands, Cape Town - Africa do Sul

Este Tour dura pelo menos meio dia.

Wine Lands, Cape Town

Seja qual for a sua escolha de safari, fique tranquilo pois a África do Sul foi a melhor de todas. Com certeza será uma das maiores experiências da sua vida.

Respeite e entenda a vida selvagem e a natureza de cada um.

Se tem alguma dúvida, quiser mais infos, comentem aqui ou me mandem e-mail no bah.almeida89@gmail.com

 

Anúncios

Tell me more

Tell me more

13 anos de história no maior Safari do mundo.

Israel não sabe se vai casar ainda, talvez sua namorada tenha outro.

Na África do Sul eh legal casar com até 3 mulheres. Doido neh?

O nosso guia ama verdadeiramente esse lugar. Na verdade mais do que isso, ele ama os animais. Seria incapaz de comer carne de crocodilo, pois para ele, eh como se fossem de estimação.

Ele trabalhou como guarda noturno aqui no Kruger, onde vc acampa no meio da selva em busca de caçadores ilegais.

Uma das melhores partes da viagem foi com certeza ouvir as historias do Israel.

Ele eh um cara muito legal, 36 anos, se vê no Kruger até os 68 anos, idade limite para trabalhar lah.

O que ele nos disse eh que tudo eh uma questão de conhecer os hábitos dos animais, para desta forma, evitar os acidentes e ataques.

Creia se puder, o campeão de ataques, mortes e acidentes eh o hipopótamo, que nem carne come.

O mais sussa eh o leão. E como eu já disse, o mais improvável de se sobreviver a um ataque, eh o hipopótamo. Tudo isso porque ele se assusta muito fácil com tudo e sua forca eh capaz de cortar um ser humano ao meio, com apenas 1 mordida.

Para estar vivo até hoje, depois de estar cara a cara com leoas, sobreviver a ataque de búfalos e elefantes e escorpiões, contou que o segredo eh fazer silencio, ler a situação, controlar a emoção e PRAY.

JUST PRAY TO BE ALIVE.

Obrigada Senhor pela vida do Israel. Guarda-o e jamais permita que ele perca esse amor divino pela vida natural, que ele encontre o verdadeiro caminho para nunca perder a fé em ti.
Caminhe com ele sempre, como tem caminhado e proporcione a ele uma família, ele merece.

Bjs

Bah

20111229-180937.jpg

The Game in 4×4

Kruger

No First day de aventura mal chegamos e já fizemos um game na 4×4.
Eles chamam de game o tour pela reserva ( o que nos chamamos de Safari) pois realmente eh um
Jogo, onde ganhar eh ver os animais que vc deseja, na menor distancia possível.

Nossa barraca tem 2 camas e na nossa frente, separado por uma cerquinha, eh a reserva.

Qualquer elefante com uma míni trombadinha pode derrubar a cerca, mas beleza.

Jah vieram aqui na nossa janela
Hienas, um búfalo velhinho e depois, sua manada.

Não consigo parar de cantar as musicas do Rei Leão, rs.

Ta muito irado!!!!

A cacada pelo leão começa logo cedo, temos que acordar as 5h e partir para tentar ver o bichinho.

Cara, que difícil!
Mas esta sensacional.

20111228-191259.jpg

Safari

Safari, questão de sobrevivência

Não eh mais uma opção ficar em reservas florestais governamentais, principalmente para o big five (leão, rino, elefante, leopardo e búfalo), aqui na África.

Reservas particulares são as únicas saídas para estes animais, e MESMO ASSIM os traficantes conseguem burlar a segurança e contrabandear algumas partes que lhes forem convenientes.

Antigamente o mais procurado era o elefante, por conta do marfim.

Hoje, o animal que corre serio risco de extinção eh o rino.

Diz a lenda que o chifre do rino possui um liquido que além de afrodisíaco, supostamente pode curar o câncer.

Segundo alguns jornais aqui da África, já foi provado que não há conclusão relevante, no entanto, um rino eh morto A CADA 21 h aqui na África, segundo o WWF.

O guia do Safari que fiz no Garden Route (reserva particular), estava contando que hoje eles não atiram mais antes de tirar o chifre. Primeiro que para matar o bicho, são necessários no mínimo 3 tiros.
Eles dopam o rino e cortam o chifre a sangue frio.

O animal morre definhando por sangramento.

fiquei muito chocada.

Neste ultimo dia 23, li no jornal que obtiveram sucesso na 1a cirurgia de implantação de uma substancia nos chifres dos rinos, que anularia o efeito curandeiro do bichinho, deixando-os livres, desta forma, da ação do mercAdo negro.

Pra vc ver neh, como o ser humano pode chegar ao extremo do sangue frio pra matar o animalzinho e ao extremo da IGNORÂNCIA ao consumir coisas que ele desconhece a procedência.

Eh isso.

Bjs

Bah

20111228-185946.jpg

Miss u

Nem fui, e já estou com saudades.

Última semaninha no meu pais.

É engraçado sair do Brasil, sem nunca ter saído da região sudeste.

Apenas um mês, mas sei lá, tem tanto dia pra aproveitar.

Abaixo os lugares que pretendo conhecer:

Robben Island
Prisão que virou museu. Onde Mandela ficou aproximadamente 20 anos preso.

Africa do Sul

Elephant Sanctuary
No meio do pais. Faz parte da região central próximo a Port Elizabeth. Da pra passar o dia todo com os bichinhos.

África do Sul

Safari Kruger park
Safari de 3 dias para conhecer os 5 grandes: rino, elefante, leão, leopardo e búfalo.

Kruger Park

Cape of good hope
Eh literalmente o fim do mundo. O extremo sul do continente africano.

(Cape of good hope)

Table mountain
Montanha com pico chapado, em Cape Town.

Cape Town - África do Sul

 

Eh mas como diria meu grande amigo Kevin: Nos ate podemos fazer nossos planos, mas o mais legal eh que Deus
fax os dele. E ai, tudo o de mais legal acontece.

Bbjbjbj
Bah

Blog no WordPress.com.

Acima ↑