vamos saltar de paraquedas?

quase todo mundo acha que é coisa de doido. e ‘tão certos! é mesmo!

saltar de um teco-teco há mais de 3,600 metros de altura, mais de 250km por hora, em 45 segundos de queda livre e confiar no paraquedas, realmente não é pra qualquer um.

é só para aqueles que reconhecem que há uma forma diferente de ver a vida, que andar ultrapassando os limites do comum não é insanidade, mas sim excesso de segurança.

depois de ter experienciado muitas aventuras diferentes, digo com toda e absoluta certeza que experimentar coisas fora dos nossos limites nos traz as melhores sensações da vida. experiências realmente únicas, que ultrapassaram a minha capacidade de descrição.

407445_369910589686139_78301987_n 405569_369910633019468_652256474_n

no entanto, muitas vezes para isso, é necessário romper as nossas próprias barreiras de medo, e ter uma atitude muito maior do que a do que a coragem: é necessário confiar que vai dar tudo certo.

entre o sim e o não, eu sou sempre SIM.

e ainda digo do fundo do ❤ que não há nada a temer. Deus está sempre conosco nos protegendo, e nos direcionado para o caminho certo.

isso é no que eu creio e vivo.

 

 

No dia 13 a Pura Vida vai levar uma galera para saltar de paraquedas e dar um rolê de balão. 

(clica aqui para ver o evento de pára-quedismo e balonismo)

 

Anúncios

Sobre aproveitar as oportunidades

Hoje foi um dia muito bom, muito abençoado.

E a minha intenção aqui, especialmente um dia depois de completar 24 anos, é a de te dar coragem para fazer aquelas pequenas coisas que a gente sempre diz não por medo, e quando vai ver, desperdiçou não uma, mas várias oportunidades de experimentar situações que podem mudar nossa vida.

Primeiro de tudo, o receio e a precaução fazem parte da natureza humana. Eles nos protegem, nos colocam em sobreaviso na proteção à nossa permanência nesse mundão.

Já o medo, esse ai nos impede, literalmente, de fazer algo, pois nos dá a certeza absurda de que as coisas vão acabar mal. Seja porque existe um pobre grilo no banheiro, ou até mesmo dando a certeza de que você vai cair, se machucar e morrer ali mesmo, no pior dos casos! rs

Exageros a parte, quando somos criança temos menos medo. Somos mais destemidos, na verdade. Quando crescemos e conhecemos os perigos do mundo, nos cabe então sermos corajosos.

A questão maior é a de como se encara cada coisa, em sua complexidade ou simplicidade.

Hoje, cavalgar foi uma sensação tão incrível quanto qualquer aventura que eu tenha vivido na África.

Pode parecer quase uma heresia, dizer que algo que fiz a 100 km de casa, me trouxe tanta realização, quanto algo que foi tão especial pra mim quanto a África.

IMG_8874[1]

Mas essa é a pura verdade. A grande questão, neste evento, foi a de ter literalmente me aproximado do desafio, e o encarado face a face. Ajudei a celar a égua, fiquei conversando com ela durante um tempo, e por fim, o domínio sobre a direção do cavalo, velocidade e o  mais difícil, o autocontrole para não se desesperar, perder o equilíbrio e cair.

Todas essas etapas foram fundamentais, para diminuir o medo, manter o controle, e por fim, ter uma experiencia incrível de liberdade, respeito e harmonia.

bem, é isso que estava no meu coração.

Não desista por medo. Não desista porque acha que algo terrível irá te acontecer. Tudo que nasce, tudo que morre vem da vontade de Deus. Ele criou cada vida existente na terra.  E vida essa que merece repeito.

Não saia por ai matando grilos, e em seguida queira montar em um cavalo. Tudo é harmonioso. Tudo precisa entrar em sintonia. Tudo e todos querem e precisam do seu espaço, e entender esse limite humano e animal, é fundamental quando se busca uma vida com aventuras e experiências com a natureza.

IMG_8876[1]

Hoje eu começo a entender um pouquinho do que é o mundo, mas  ainda estou na lição Baby class, ainda tenho medo de grilos. Mas vencer cada lição, é resultado de uma busca, de um posicionamento.

Anos atrás eu era infeliz, por querer ser alguém que eu não era. Hoje eu sou feliz, não porque eu me conformei, mas porque eu mudei. Resolvi ir além dos limites. Insisti no que eu achei que era certo. Li a bíblia todos os dias, mudei a alimentação, estou insistindo nas atividades físicas, porque eu quero e vou chegar lá: na vida saudável, no equilíbrio com o corpo e no contato com a natureza.

é isso, beijos, fui.

Bungee jump

É João, eu pulei.

E foi a-ni-mal.

Olha, já saltei de para-quedas e breve, conto como foi, mas até agora o bungee foi insuperável.

Por diversos motivos, entre eles, o fato de você estar sozinho (a), com equipamento bem leve amarrado ao seu corpo, e ter que se jogar do abismo, sem poder olhar para baixo.

Bloukrans Bridge, South Africa

Saltei em dezembro de 2011, no até agora maior bungee jump do mundo, na África do Sul.

O Face Adrenalin, equipe preparada para operação do salto, fica no meio do país, entre a Cidade do Cabo e Port Elizabeth. O melhor jeito de chegar até lá é fazendo uma rota que se chama Garden Route. Disponível em várias agenciadoras de trips, como a Hot Spots (onde eu fiz).

Endereços a parte, não se pode pensar muito. Essa é a regra. Já cheguei lá como quem vai na montanha russa pela primeira vez. Um mega frio na barriga, que não se compara ao de andar até o local do salto.

É um caminho de treliças metálicas, onde é possível ver o richosinho, no qual iremos quase mergulhar.

Dá um look:

Eu fui a penúltima a saltar. Depois de ver tanta gente sumindo no abismo, quase fica fácil. Ó minha cara de feliz:

Blokrans Bridge

É insano. Juro. Mas, recompensador. A sensação de superação do medo (seu e dos outros), de liberdade, de gratidão a Deus por ter proporcionado aquele momento, são gigantes.

Na ponta dos pés

Mas o mais importante de tudo é o que fica de lição, sempre. Aquela “moral da história”, que atia Elizabete ensinava pra gente na 1a Série:

Quando estiver em dúvida entre o medo e a coragem, sempre opte pela segunda. não se deixe vencer JAMAIS pelo medo.

Aprendi que o alerta que Deus nos dá é diferente do que frio na barriga, em pensar no que de errado e ruim pode acontecer. Medo não vem de Deus.

Deus nos dá força, coragem, raça.

Está escrito em Isaías 41:10 “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.”

Period.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑