Uuuuuhn….

Good food.

Eh o que eu posso dizer de Cape Town e das cidades que passei aqui na África do Sul.

Diferente, mas boa.

Aqui, para o paladar de um brasileiro, falta sal, e sobra açúcar, nas comidas salgadas.

Eles colocam abacate e pimenta em TUDO. TUDO, lê-se TUDO.

Já comi Pizza de queijo e bacon com abacate, sushi com abacate, temaki com abacate…

Agora, se vc não gosta de pimenta, a frase que vc mais vai falar é: NO PEPER, NO SPICE, NO CHILLI, PLEASE. rs

Este foi o primeiro prato mais elaborado que comi aqui em Cape Town, em Caps Bay.

É um salmão grelhado com um tipo de tangerina e algum mato (nao me lembro agora o nome da folha, mas á alguma coisa do tipo espinafre), acompanhado com molho tarê.

Outra coisa muito legal, é que a Kelen e eu achamos um restaurante aqui perto, que é tipo um trem, por fora e por dentro.

Cara, MELHOR SOBREMESA da minha vida.

Muito boa a panqueca com sorvete, molho de chocolate, polvilhado um Almond Chips.

Ontem também foi muito bom, gastronomicamente falando.

No almoço, fomos conhecer aqui na rua da escola (Main Road) o Ocean Basket.

Fica há 3 quadras sentido Camps Bay, e é especialista em Seafood.

Comemos um prato com files de peixe, camarão acompanhado de Chips e Arroz. O MAIS LEGAL eh que o prato eh servido na figideira. Muito massa!

A noite, comparecemos ao ilustríssimo MAMA AFRICA. Most famous restaurante aqui em Cape Town. Fica na Long Street, centro da cidade.

Meio carinho (gastamos um total de 180 Rands: bebida, comida, couvert), mas vale a pena. Eles preparam lá, carnes exóticas do tipo: crocodilo, cobra, Kudu (Antílope), avestruz e etc.

Bem, o Sr Coragem da Noite, Mr. Raymmond pediu pela carne de Crocodile. Óbvio que cerramos o jantar do pobre, e cara, é muito bom!

É meio branquinha tipo peixe e o gosto é sensacional.

Eu fui de steak de picanha mesmo (Rump), pra não ter erro.

Já hoje, o negócio foi mais embaixo. rs Fui passear no meio subúrbio, Crawford, com o Ray (conhecer o lugar onde ele trabalhou como voluntário – mas isso é uma outra história). Depois da visita, fomos comer num boteco que vendia todas as coisas do mar, possíveis e imagináveis, fritas.

Fui de CALAMARI & CHIPS (lula com batata frita), que me custou 30 Rands. Não chega a 10 reais.

Cara, veio uma cesta gigante, com uns pedacos gigantes de lula, que tinha cara de polenta. Meu, que gostoso.

Óbvio que nao tinha mesa. Então, puxamos três cestas de supermercado pra fazer de cadeira e mesa. Comemos ali mesmo, no estacionamento da loja.

NO GERAL, pra comer aqui em um restaurante, bonitinho e etc, gastamos em média 100 rands (25 reais).

Dá pra economizar mais, mas é impossível comer no supermercado todo dia. NÃO DÁ MESMO!

Em Cape Town não tem: cafezinho da DALVA nem da MAMÃE, TODDY, TRAKINAS rs, Salgados (Coxinha, empada e etc…) Paozinho francês delicia… rs

Em compensação: MELHORES VINHOS do mundo, ÓTIMA carne de AVESTRUZ, os frutos do mar são baratos e deliciosos (claro), e limão siciliano aqui é mato.

Bjs!

Bah

Anúncios

Uma semana

Uma semana em Cape Town, uma das capitais da Africa do Sul.

Caracas, deu pra passear muito e conhecer muita gente.

Os passeios precisam ser intercalados com praia, pra dar uma economizada no dinheiro.

As PRAIAS proximas daqui sao muito bonitas. Tem muita pedra,e uma vegetacao marinha muito estranha, rs.

A agua eh IMPOSSIVEL de nadar. Eh muito gelada. Tem que ser o supermen ou bem doidao pra nadar, do lado Atlantico. Tem inclusive avisacao de baleias (em Maio), tubaroes e focas. Muito fofinhas.

Fomos para Camps Bay, Clinfton 1,2,3 e 4. Sao bem lindas, de areia branquinha e marzao azul.

Vento gelado o dia todo, pra refrescar do sol de rachar o coco.

Aqui nao tem horario de verao, desnecessario, uma vez que o sol se poe as 20h, pelo menos em Dezembro.

As praias aqui, alias, toda a orla de Cape Town, sao rodeadas de mansoes maravilhosas. Tipo Miami, falaram…

Fomos ao Aquario, na V&A Waterfront. Outro ponto sensacional. O aquario eh realmente uma referencia de interacao com a vida marinha.

Pra chegar ateh lah, pegamos o Minibus, uma lotacao meio regularizada meio ilegal, que funciona aos trancos e barrancos, mas funciona. Custa cerca de 5 rands (R$1,50).

Nesta sexta, fiz um tour sensacional. Subimos a Table Moutain. Cara, simplesmente incrivel. Fomos de bondinho (para subir a pe demora cerca de 4h). A vista eh sensacional e a montanha eh incrivel. A vegetacao, o mar a cidade, os animais do lugar. Eh tudo sensacional.

Eu dei a maior orelhada do mundo, porque subi a montanha com uma leva blusinha de frio. Quase morri com hipotermia. Os ventos estavam absurdamente velozes e o frio tipo 5, 6ºC… soh isso.

Neste sabadao, fomos conhecer a praia de Muizemberg, no lado do oceano Indico.

A agua eh ok. Da pra nadar, e a praia eh longa, branca, com ondas, surfistas. Eh massa. Parece um povado distante (talvez seja mesmo, rs). Tem bastante povao, e MUITA escola de surf. Pena que nao estava com a minha prancha aqui. rs

Deu ate pra assistir uma pelada de Rugby, rsrsrs.

O maior problema aqui, eh que ao anoitecer tudo fica mais perigoso.

Para chegar ateh Muizemberg, fomos de trem (10 rands – 2.50 reais) e tivemso que voltar de taxi (320 rands – 80 reais), pois TODO MUNDO disse que NAO eh bacana ficarmos perambulando por ai depois das 16h, pelo menos por aqueles lados.

Tudo aqui, eh bacana agregar uma turma e rachar as contas. Beeeem mais facil.

Saudade de todo mundo.

 Bjs
Bah

Blog no WordPress.com.

Acima ↑