Turistando em Melbourne

Esse post é pra você que vai só dar uma passadinha nessa icônica cidade australiana.

Muita gente me pede dicas do que fazer por aqui, e agora, depois de muitos meses explorando a cidade, me senti na obrigação de deixar pra vocês algumas dicas pra facilitar a vida. Bora?

IMG_4838 2

Pra começar a história, do aeroporto até o centro melhor opção é o Sky Bus. Pelo preço de $28.81 por pessoa, vale muito a pena, pois taxi é fortuna, e ônibus convencional demora uma vida. Se comprar os tickets pelo site ainda tem desconto!

Onde se hospedar

Se hospedar no centro de Melbourne é sempre a melhor opção. O CBD daqui é amplo e tem transporte gratuito dentro dele, por isso, é a melhor escolha.

Se você procura praticidade e custo mais baixo: Acomodações que fiquem próximas a Southern Cross Station, vai por mim que é a melhor opção. Essa é uma das principais estações de trem de Melbourne e é de lá que a gente pega o Sky Bus rumo ao Tullamarine Airport, o principal aeroporto da cidade. No complexo dessa estação tem um Coles, aluguel de carro, restaurantezinhos fast food, um outlet (Outlet Spencer), além de uma ampla opção de ônibus e trams para os principais pontos de Melbourne. Uma grande amiga ficou num apart, sem serviço de hotel, mas AMOU! Foi o Rose Lane Service. Coube no bolso e fica exatamente nessa localização.

Se você tá em busca de Glamour: Há outras opções de hotéis mais refinados pela Collins St, a rua das boutiques mais famosas do mundo. Se você for daqueles que dinheiro não é um problema, esse é um dos pontos mais glamurosos da cidade.

Se você é Hipster raíz: Um dos lugares mais hipsters do mundo é o bairro de Fitzroy. Com certeza você já ouviu falar sobre ele. Lá os bares, restaurantes, ruas e tudo mais são muito inn. Porém, sinceramente se hospedar lá pode não ser a opção mais prática da vida. Recomendo se for sua segunda vez aqui em Melbourne. Assim você já tá mais acostumada com distâncias e etc.

Screen Shot 2018-08-19 at 12.54.52.png
Screenshot do CBD de Melbourne

Como rodar pela cidade e usar o transporte público

Melbourne é uma cidade plana, com muita opção de transporte e uma das maiores malhas da Austrália. Então transporte público vai ser seu melhor amigo, além das pernocas e da bike pros mais animados, claro.

Para contar com isso assim que chegar você precisará adquirir o Myki, o cartão de transporte do estado de Victoria. Para quem é visitante eles tem um Myki especial que se chama Myki Explorer. Por AUD $15.00 você compra no aeroporto e pode rodar ilimitadamente por 1 dia. Além disso você tem descontos em várias atrações aqui em Melbourne.

Se você esquecer de comprar no Aeroporto esse Myki especial, não tem problema. Em qualquer 7Eleven você pode adquirir por cerca de $6.00, carregar o Myki e colocar a quantia que quiser selecionando a opção Myki Money.

Dica de ouro: MESMO andando na free tram zone você deve ter em posse um cartão válido e com créditos.

Em Melbourne você precisa bater o cartão toda vez que entrar no tram e viajar fora da Free Tram Zone. Nos ônibus e trens é necessário validar o cartão na entrada E na saída.

IMG_7868.jpg
Myki – Transporte no estado de Victoria – Austrália

Must GO de Melbourne

Royal Botanic Gardens é um jardim botânico lindíssimo. Junto com o Shrine of Remembrance, o gigantesco parque é ideal para os dias de sol, tirar fotos incríveis e relaxar nesse oasis. Dentro do parque fica o restaurante do lago. Com uma vista belíssima e comidinhas bem boas, vale a visita. Entrada Gratuita.

Nesse jardim botânico eles oferecem um Aboriginal Heritage Walk tour. Custa de $35 a 28$ e precisa agendar com antecedência.

IMG_5748_Fotor
Royal Botanic Gardens – Melbourne
meditative space at Gern Gully - Royal Botanic Gardens
meditative space at Fern Gully – Royal Botanic Gardens

Localização clique aqui

Trans que passam na frente: 3, 5, 6, 16, 64, 67 e 72

  • Queen Victoria Market é uma outra atração must go de Melbourne. Um Mercadão de frutas, legumes, pães, secos e molhados, orgânicos, presentes e etc. Completo pra comprinhas, bom café e almoço mais barato. Tanto no verão quanto no inverno, as quartas-feiras a noite rola o Night Market. Quando vier pra cá vale conferir a programação aqui no site pois é quase uma quermesse com muuuuitas atrações, pratos gigantes, ah, e lota tá? Então a dica de ouro é chegar cedo (por volta das 5pm). Entrada é gratuita e dentro da Free Tram Zone.

Trans que passam na frente: 58, 19, 57 ou 59

IMG_0615
Queen Victoria Market – Market Night – Melbourne
  • State Library é uma biblioteca muito especial. Além de várias mini exposições, tem uma arquitetura linda e inspiradora. Vale muito pena a parada. A Entrada é gratuita e ela fica dentro da free tram zone. Trans que passam na frente: 3, 5, 6, 16, 64, 67 e 72
IMG_3208
State Library – Melbourne
  • Becos de Melbourne. Se você pesquisou um pouquinho sobre Melbourne eles sempre falam de andar pelas Lanes. Tá, mas qual lane? rs. Eu recomendo começar pelo Hosier Lane. É bem pertinho da Flinders station e é muito legal de se perder por lá. Fique tranquila, parece que você vai se perder mas você sempre acha coisas legais e interessantes pra fazer.

IMG_2031_Fotor

  • A St Paul Cathedral também é um marco de Melbourne. Ela fica bem em frente à Federation Square e em frente à Flinders Station. Esses são, o que eu diria como coração de Melbourne, o centro do centro. Por lá também ficam os becos famosos com vááários grafites irados. Entrada gratuita. Trans que passam na frente: 1, 3, 5, 6, 16, 64, 67 e 72
IMG_2000_Fotor
St Paul Cathedral – Melbourne
IMG_2006_Fotor
Flinders Station – Melbourne
  • St Kilda Beach é a praia mais famosa de Melbourne. Sem onda e com restaurantezinhos beira mar, é dona de um dos pores-do-sol mais bonitos da vida. Aviso aos navegantes que lá venta muito. Para chegar até St Kilda você pode pegar o Tram 96, que para na Esplanade.
IMG_7873
St kild Beach – Melbourne – Austrália
  • O Luna Park é lá em St Kilda também, e só a fachada já é um escândalo. A entrada no parque depende da previsão do tempo, portanto vale ficar atento a esse quesito. A entrada no parque custa $2.00 apenas visitação, $9.00 para acesso a 1 brinquedo e $49.00 para acesso ilimitado.
IMG_0262.jpg
Luna Park – Melbourne – Australia
  • Brighton Beach. No circuito praias legais Brighton Beach com seus famosos bathing boxes não pode ser perdido. Recomendo que até lá você vá de trem ou de carro, pois é o percurso mais rápido. Na Flinders Station pegue o trem em direção à Sandringhan.
IMG_3247
Brighton Beach – Melbourne
IMG_3328
Brighton Beach – Melbourne
IMG_3276
Brighton Beach – Melbourne
  • FITZROY é a tradução do que é hipster. Super descolado e com uma das melhores vidas noturnas da cidade, o bairro é mega conhecido pelos cafés, baladas e arte de rua.

O Jasper Café é uma lojona especializadas em Café. Indicação de uma amiga fanática por café que veio passar uns dias em Melbourne, essa loja foi um achado.

  • Outra coisa que recomendo muito é assistir uma partida de Footy no Melbourne Cricket Ground. Sendo uma dos esportes mais famosos da Austrália, aqui em Melbourne o MCG sempre recebe um dos maiores públicos e melhores jogos. No site do estádio você confere a programação das partidas de Footy e outros eventos.
IMG_5485
Melbourne Cricket Ground – Footy
  • Docklands é um passeio super agradável, de dia e a noite. Sugiro um final de tarde, e jantar em algum dos inúmeros restaurantes a beira rio-mar. Entrada gratuita e dentro da Free Tram Zone.
IMG_7875
Docklands – Melbourne

Onde comer e o que experimentar em Melbourne

Melbourne é super conhecida pelo seus cafés. Um dos melhores do mundo. O que eu não sabia era que além da excelência no café, os caras arrasavam na comida também. TODO lugar que eu comi até hoje (em 6 meses de Melbs) é bom!

Aqui vou deixar os que mais curti pra vocês!

Universal Restaurant fica em Carlton, um dos bairros mais italianos de Melbourne. E é o mais famoso a parmigiana da cidade. Por apenas $15 dólares um gigantesco prato é servido pra você. Ótima opção para o dia ou para noite.

2ADF36D4-5C80-4DC7-BFC3-495C4FF35386

The colonial Tram Restaurant é uma outra atração que vai além das expectativas. Um tram todo decorado que, enquanto dá a volta pela cidade de Melbourne, oferece uma das melhores (e mais peculiares) refeições. É de fato uma atração para ocasiões especiais, pois o preço é sim mais altinho. Todos os amigos que foram até agora só falaram bem da experiência. Reservas pelo site.

O Three one 2 one é também um dos junkies mais famosos da Austrália. Altamente recomendado, tem o ticket médio de $50.00 (o casal) com tudo que tiver direito <3.      Add: 424 Bridge Rd  – Richmond, Victoria, Australia 3121

PHOTO-2018-06-21-18-18-44
Photo by Jessica Cesso

Dentre os infindáveis restaurantes nos becos de Melbourne, tem um que marcou meu coração: Caffe Biscotti. O que é o risoto de frutos do mar deles? Impagável. Imperdível. Fica na 319 little collins street and 41 – 43 block place – Melbourne – CBD

IMG_5274 2.jpg
Caffé Biscotti – Melbourne – Austrália

Outra sensação de Melbourne são os Tea Rooms. Casas de chás, cafés e cheias de charme pra fazer aquela pausa. Olha a Hopetoun, que fica dentro de uma arcade, bem no centro de Melbourne? Olha só pra essa fila…

Ah, e por falar em Arcades, Melbourne tem várias dessas. Shoppings que atravessam ruas cheios de lojinhas fofíneas.

IMG_7885.jpg

Ah, outra coisa que você precisa comer em Melbourne são os ovos beneditinos (mais conhecidos como Eggs Benedict) e o Almond Croissant. São as maiores delícias que já comi. E pode parar em qualquer lugar e pedir essas delícias. Vale a pena como café da manhã ou da tarde, viu?

IMG_5052.jpg
Café e Almond Croissant – Melbourne

Última dica culinária, mas não menos importante, em uma das maiores China Town do mundo, o restaurante que vale a visita demais é o Shangai Street. Localizado na 146 Little Bourke St, Melbourne, o restaurante tem os melhores dumplings que você poderia comer. Barato e bem informal, a rua é bem legal pra passeio. Meio cheia, mas bem legal!

IMG_2091.JPG
China Town em Mebourne – Australia

Falando agora dos arredores de Melbourne

A Great Ocean Road é trip obrigatória pra quem vem passar alguns dias em Melbourne. Rumo oeste do estado, essa é uma trip bem democrática, pois você pode fazer em 1 ou mais dias. Deixei bem detalhado nesse post aqui sobre esse tour.

IMG_6289

Outra trip sucesso é a rota dos vinhos. E vou te falar que vale muito a pena, tá? A apenas 50km de Melbourne o Yarra Valley é uma região com muitas wineries, onde nos passeios fretados com Van, você passa por várias delas e volta bem feliz e abastecida dessas maravilhas produzidas aqui na região. Acabei de voltar dessa trip e deixei tudo detalhado aqui nesse post.

IMG_6647

Dicas de ouro 

O que você precisa saber antes de vir pra Melbourne? Vem cá que te conto!

  • Ande na linha! O estado de VICTORIA se orgulha muito de ser um com as leis mais rígidas e com maior fiscalização da Austrália, portanto aqui, definitivamente não é o lugar de se arriscar. Desde atravessar a rua fora da faixa, até fumar em local proibido (as vezes você nem sabe que é proibido) são infrações que vão te garantir vários dólares a menos na conta. Por isso, respeite as regras.
  • Touch On: Ao entrar no Tram e se vai viajar fora da Free Tram Zone bata o cartão! Já cansei de ver gente sendo multada por “esquecer” de bater o cartão e pagar a tarifa. Toda vez que o Tram sai da Free Tram Zone o motorista avisa, assim não tem erro.
  • Tenha 4G, pois essa história de Wi-fi grátis pela cidade tá que nem cobra na Austrália: Todo mundo fala, mas nunca vi. Ele te ajuda a ir de um lugar para o outro aqui em Melbs.

APPs úteis pra quem vem pra Melbourne

Apps úteis - Melbourne

Uber é o nosso melhor amigo, certo? Mas o POOL já é uma realidade em Melbourne e as corridas estão super baratas.

Enquanto em Melbs, baixe o APP do PTV. O aplicativo do transporte público de VICTORIA localiza o ponto de tram mais perto e te mostra em quantos minutos seu tram vai passar. Além de vááárias outras facilidades.

Car Next Door é um APP que gostamos muito, ainda mais quando precisamos alugar carro para nos locomovermos dentro da cidade e sem muita burocracia. Faça cadastro com antecedência para começar a usar e assista o vídeo deles com as regras de utilização.

Alternativa ao Uber Eats é o Deliveroo. Amo e peço sempre por ele.

Já o Trip line conheci faz pouco tempo, e ameeei! Lá eu crio meu roteiro e vou seguindo ele sem esquecer de nada. Ah, além disso ele abre as rotas diretamente no Maps. Massa, né?

Ah, e pra você ficar ligado no movimento, baixe aqui o mapa da Free Tram Zone de Melbs.

IMG_0135 2

é isso! Gostaram? Compartilha cazamiga e segue nas sociais.

Qualquer dúvida, claro, pode mandar e-mail! ❤

@Bahalm

bah.almeida89@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: