O que fazer em Belém do Pará!

Mais um da Série Destinos Brasileiros! ❤

DELICIOSO!

Essa é a palavra que resume a experiência no Pará.

Com 7 dias livres pra escolher onde ir, decidi de novo pelo norte, e fui pra terra de inúmeros amigos incríveis, que sempre enxerguei com tanta magia e mistério.

Primeiro que cheguei bem no dia do Círio 11.10. Estava tudo vazio, pois já era depois do almoço e todos estavam em suas casas com suas famílias. A energia da cidade estava coisa de outro planeta. Particularmente, sentia uma felicidade inexplicável. Como nunca senti na vida. Era a vibração espiritual que os mais de 2 MILHÕES de romeiros deixaram na cidade. Estava tudo maravilhoso.

Resumi em DELICIOSA minha passagem por Belém, pois experimentei o verdadeiro sabor das coisas. Nada é igual em Belém do Pará. É incrível como uma simples tapioca, pode ser tão boa e tão diferente do que estamos acostumados aqui em SP!

O que falar da famosa combinação Pato com Jambu. (Planta típica que adormece a boca)? Delicioso! Comi no ENGENHO DO DEDÉ no Shopping Boulevar Belém. É demais! por R$ 15,00. Lá é um ótimo lugar para comprar produtos industrializados locais, como uma cerveja de mandioca feita na amazônia, canecas, cachaças e outros souvenirs. Lá e em outros locais também é possível encontrar o famoso sorvete Cairu, com os sabores locais.

É o que falar da Maniçoba? É estranho (visualmente falando) mas é delicioso! Vale experimentar!

Bem, agora pra ver as verdadeiras delícias em Belém do Pará TEM que se ir ao Ver-O-Peso, mercado fixo, coração da tradição Paraense, tem de TUDO. Desde chinelo à viagra natural. rs

É uma bagunça! Mas a bagunça mais legal que eu já vi!

mercado Ver-O-Peso
Enter a caption

IMG_6830

Fiz cliques intermináveis, e quase impossível de escolher 1 só.

A melhor hora para ir ao Ver-O-Peso é pela manhã, das 8h as 11h. Procure ir cedo não só pelo mercado, mas pelo CALÔ que faz a partir das 10h. Só mesmo uma água de côco bem geladinha (por R$3,00) pra refrescar.

Sugiro que vá ao mercado nos últimos dias da viagem, pra fazer as compras e colocar os itens dentro do isopor. A Castanha do Pará fresca (que é uma das coisas mais deliciosas do mundo) estraga com muita facilidade. Ela precisa ficar na geladeira e com água, para durar mais. Claro que de um dia pro outro ela resiste, mas não abuse! Custa cerca de R$ 40,00/kg

A goma de tapioca é incrível também. Muito muito diferente! E vale a pena trazer. Custa R$ 3,00 o kilo.

Como chegar: Estava no bairro de São Brás, mas me parece que de todos os luares tem ônibus até o Mercado. É uma alternativa ótima e barata para chegar. R$ 2,75.

Para voltar de lá, dependendo do lugar, voltei de táxi mesmo. O preço me pareceu bem próximo à SP.

Pertinho dalí, contornando a praça do Relógio, é possível ir a pé a vários outros pontos legais de Belém.

Forte do Presépio

IMG_5970

IMG_5972

O Forte é histórico, dele é possível ver o Mercado Ver-O-Peso e um pouco das redondezas com suas casas coloniais, lindas. Lá, temos um museu histórico indígena muito bacana.

Ao lado do forte temos A Casa das Onze Janelas, com uma vista linda ao leito do rio. A mansão é linda. Ainda mais naquela vista maravilhosa! Ali novamente é um bom lugar para uma água de côco e uma pausa, pra admirar a beleza do rio.

IMG_5971

Neste caminho pela Cidade Velha de Belém também é possível visitar o Museu de Arte Sacra, Museu do Círio, Museu do Pará e a igreja da Sé.

IMG_5958

Ali pertinho também visitei o Museu de Arte de Belém. Tive a sorte de ver uma exposição da Maiolino, e de alguns fotógrafos incríveis e POLÊ-MICOS.

Wagner Baja

Outro dia de viagem, e vamos aos parques.

Bosque Rodrigues Alves é muito bacana também. Ele tem muito da flora nativa, macacos, araras e outros animais da Amazônia. Aos finais de semana fica bem cheio.

IMG_6051

Olha que gostosura de parque verde! A Entrada é Gratuita.

Outra das melhores atrações de Belém é o Mangal das Garças. Um parque lindo, projetado com muitas garças, guarás (ave vermelha bem típica da região), iguanas e até um tuiuiu.

Mangal das Garças

O parque fica perto do centro velho, porém da Praça do Relógio, é necessário pegar um taxi ou van, que te deixa em 7 minutos lá no Mangal.

Mangal das Garças

A entrada no parque é gratuita, porém algumas atrações são pagas.

IMG_6633.JPG

Borboletário é uma estufa com muitas borboletas, plantas nativas da Amazônia, incluindo as lindíssimas Vitórias-Régias. A entrada no Borboletário custa R$ 5,00

Borboletário - Mangal das Garças

A vista do Farol de Belém é incrível! Vale muito a pena! Além de ver todo o Mangal de cima, é possível vero centro de Belém. A entrada custa R$ 5,00

Mangal das Garças

Existem outros espaços no parque, e com o ‘Passaporte’ com preço único, que dá acesso à todos os espaços, você paga apenas  R$ 15!

Nesta estadia, ainda visitamos o Parque da Residência em Belém. Um enorme jardim da antiga Residência dos Governadores é lindo! Essa já fica perto do bairro São Brás. Mas vale pegar táxi para visitar pois achamos um pouco fora de mão.

Ao fundo do parque ainda conservam um antigo gasômetro, que hoje abriga um anfiteatro, bem bonito!

Parque Residência

Neste parque também existe um vagão de trem desativado, onde hoje funciona uma sorveteria. Vale a pena ligar para consultar a programação, tanto de abetura do parque, quanto de atrações no Anfiteatro.

Avenida Governador Magalhães Barata, 830
Telefone: 91 4009-8715 / 4009-8700 Parque da Residencia

IMG_6726

Pra nossa despedida superespecial de Belém, fomos até a Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, agradecer essa viagem incrível. Linda e lotada de gente, ainda em clima de Círio de Nazaré.

IMG_6751

Ao lado, um parque de diversões que comemos e brincamos. Foi engraçado demais!

IMG_6792.JPG

 

Nessa estadia por Belém, ficamos no Amazônia Hostel. Casarão antigo, todo reformado, e bem localizado. Veja a avaliação completa no Trip Advisor.

IMG_6880

 

Belém foi muito especial. Claro que como toda grande cidade tem seus problemas e coisas a melhorar, mas não é POSSÍVEL ser brasileiro e não conhecer esse lugar que, na minha percepção, me parece o berço da nossa terra. Um lugar que conserva nossa comida, nossas origens indígenas tão bem.

é um lugar simples, de fato, onde o luxo é ter a natureza, o alimento em sua forma mais pura, tão próximos da gente.

Veja mais fotos dessa viagem-vida, clicando aqui.

Alguns lugares de Belém muito típicos não visitamos, ou porque estavam lotados, ou porque realmente não tivemos tempo, pois foi uma viagem rápida (nesses sete dias 4 deles estivemos na Ilha do Marajó). Mas queremos deixar a dica. Conte pra gente o que achou, ok?! rsrs

  • Estação das Docas – Fica ao ladinho do Ver-o-Peso. é linda! Porém estava sempre lotada, na época de alta temporada.
  • Porto de Icoaraci – tem ônibus para o porto de todos os lugares. Vi fotos de amigos e vale muito a visita!
  • Restaurante Terra do Meio – é mais afastado de Belém, no município de Marituba, mas um ótimo lugar para passar o dia, tomar banho de rio e almoçar.

Procure tembém na sua estadia pelo Pará:

  • Ilha de Algodoal
  • Alter do Chão

Isso e muito mais você só vai encontrar no Pará.

#treeeeeemePará

#issoemuitomaisvocêsóvaiencontrarnoPará

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.