Ilha de Marajó, um presente do Pará

desde que a professora ensinou lá na 4a ou 5a série o que era e onde ficava a Ilha do Marajó, quis conhecê-la. Depois, ao ver algumas fotos de amigos aventureiros [tipo o João] que foram pra lá, quis ainda mais.

Além de ser a maior ilha fluviomarinha do mundo, abriga o maior rebanho de búfalos do país.

Bem, meu destino era Salvaterra, na Ilha de Marajó. Pra chegar até lá parti de Belém do terminal Hidroviário, próximo à estação das Docas. Comprei as passagens 1 dia antes para área VIP do barco [cerca de R$ 35,00] pois tem um pouco mais de conforto e ar condicionado. Vale a pena! A área de ticket comum custa cerca de R$25,00 e é bem ok nos primeiros 30 minutos. rs

Área comum
Área comum

Outra forma de chegar na ilha de Marajó é saindo do porto de Icoaraci. Tem bastante ônibus em Belém que vai pra lá. Deste porto é possível desembarcar no Soure.

O navio nos levou até o porto Camará em Salvaterra na Ilha de Marajó, cerca de 3h30 depois de partirmos de Belém.

A paisagem até chegar na Ilha de Marajó é uma das minhas preferidas: a do rio que parece mar.

IMG_6475

Na ilha ficamos na cidade de Salvaterra, na Pousada dos Guarás. Ela oferece transfer porto Camará para hotel por R$10,00. Vale a pena, pois o ônibus comum cobra R$ 5,00 e te deixa LONGE pacas. [agende antes com  pousada. Pelo Booking não tem essa opção].

A Pousada dos Guarás fica na Praia Grande. É tudo bem bonito, desde a pousada até a praia. A pousada é confortável,  os banheiros são mais simples, e os quartos tem ar condicionado. O café da manhã é delicioso! O ambiente é familiar.

IMG_6336
Pousada dos Guarás

 

Praia Grande, Salvaterra - Ilha de Marajó, PA
Praia Grande, Salvaterra – Ilha de Marajó, PA

Um dos presentes mais preciosos foi assistir a uma apresentação de Carimbó Marajoara. Coisa mais linda e gostosa de se ver e de dançar! Foi incrível! Essa apresentação foi uma cortesia da Pousada, mas quando estiver na Ilha, não deixe de procurar pelo Carimbó. Se houver VÁ!

Carimbó Marajoara

Carimbó Marajoara

Carimbó Marajoara

 

Passamos apenas 3 dias na Ilha, e em um deles fomos até o Soure curtir a Praia dos Pesqueiros e conhecer a cidade. De Salvaterra tomamos um mototáxi [cerca de R$10,00] até a beira do rio, para pegar um barquinho* [R$ 2,00 por pessoa] e chegar no centrinho de Soure.

*tudo eu chamo de barquinho. lá, cada tamanho, modelo tem um nome de rabeta, voadeira, barco, navio, balsa, enfim, pra não errar, aqui vai tudo barco mesmo! rs

Travessia do Rio Paracauari - Salvaterra - Soure
Travessia do Rio Paracauari – Salvaterra – Soure

Depois de atravessar pegamos outro mototáxi [também de R$ 10,00] que em 10min nos deixou na Praia de Pesqueiros.

Praia linda, que vai mudando de figura conforme a “maré”. Maré no rio? Exato, não sei ao certo o nome do evento natural, mas sei que tem!

Praia dos Pesqueiros, Soure - Ilha de Marajó, PA

Praia Pesqueiros, Soure - Ilha de Marajó
Praia Pesqueiros, Soure – Ilha de Marajó

IMG_6255

A praia é conhecida por ter bastante arraias, mas não vimos nenhuma, talvez pela época do ano. Ufa!

Na ilha os búfalos são muito famosos, e utilizados por todos dos lados, desde comida como a carne, queijos e doces de leite até em passeios.

Almoçamos nesse restaurante, Ilha Bela. Arroz, farofa, carne de búfalo, queijo e feijão. Delícia por R$32,00 um pratão!

IMG_6326
Restaurante Ilha Bela, Soure – Ilha de Marajó

Toda Ilha é bem simples e bem rica. Cheia de paisagens naturais incríveis e com uma população realmente humilde, simples, simpática e honesta.

IMG_6327

Particularmente essa viagem foi muito importante, pois vi coisas e situações muito diferentes e distantes do meu dia-a-dia na metrópole insana.

Selecionei algumas dessas cenas que pude registrar, para compartilhar um pouco dessa experiência:

IMG_6097

IMG_6223

 

 

 

Casas de barro no caminho da Praia dos Pesqueiros
Casas de barro no caminho da Praia dos Pesqueiros

IMG_6211

Esse é com certeza um dos lugares que eu gostaria de viver por um tempo, para submergir de fato na cultura local, pois é incrível e pouco comercial.

Ficaram muitas coisas por fazer, mas não vou desperdiçar os bizus . Abaixo dicas de Paraenses e de locais, que não pude fazer, mas se quiser arriscar é só contar tudo pra gente depois!!!!

Soure

Restaurante | Ouvi falar muito no Restaurante do Bola, mas estava fechado. Dizem que vale muito a pena pois a comida é maravilhosa!

Praia | Além da Praia dos Pesqueiros, recebi muitas indicações da Praia de Barra Velha. Pelas fotos é realmente linda!

Fazenda São Jerônimo | Fazenda que concentra muito da cultura marajoara. é bem turística veja o relato do blog Matraqueando. Bem legal!

Salvaterra

Praia | Em Salvaterra fica o distrito de Joanes. Ouvi falar muito bem. Da Pousada dos Guarás tem vários passeios até lá. Praias bonitas, ruínas, cultura local.

A ilha

Para saber mais sobre a entrada dos Búfalos no Brasil, veja esta introdução presente no site dos criadores.

Anotaí:

Essas praias ficam longe umas das outras. Precisa de carro, moto, pra se locomover.

A maioria dos lugares na ilha só aceitam dinheiro!

E como diria Jerry, SHOW ME THE MONEY!

Bem, ao todo desembolsei cerca de R$ 600,00 para 3 dias.

Pousada 240,00 – para 3 dias | Por refeição R$20,00 por dia (dividindo prato com amiga linda)

Barco R$ 70,00 – ida e volta

 

Clique aqui e veja as fotos completas da viagem.

Ah, aproveite e curta nossa página no facebook!

Qualquer outra dúvida: inbox ou e-mail! Bah.almeida89@gmail.com

e pelo insta! @bahalm

=*

 

Fontes:

http://www.feriasbrasil.com.br/pa/ilhademarajo/

http://viajeaqui.abril.com.br/cidades/br-pa-ilha-de-marajo

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.