Tipos de Safari na África do Sul

 

Tudo que ficou mais claro no meu coração com relação à Africa do Sul, é que lá é o melhor lugar do mundo para ter contato direto com os animais, e um lugar que muda a vida, por isso, vale muito a pena guardar as economias e investir nessa experiência.

Além de conhecer pessoas incríveis e ouvir histórias de tirar o fôlego, em lugares como esse é possível conhecer mais da real vida selvagem.

Mesmo com essa popularidade toda, muita gente, mesmo lá na África do Sul, fica muito em dúvida sobre o que fazer principalmente quando o assunto é Safari.

Vivenciei algumas coisas na terra do Mandela, e aqui vão algumas dicas:

Para escolher o safari, é preciso entender a proposta, e levar em consideração quanto tempo tem disponível e o quanto pretende gastar.

O que é um safari?

O safari é um jogo, que consiste em passeios em carro (ou a pé) afim de observar a vida animal, vegetação, e meio ambiente local. Pode ser feito em carros fechados, carros próprios ou 4×4 abertos.

Lá, chamam de Big Five os 5 maiores e mais difíceis animais da África. São eles: Leão, Búfalo, Rinoceronte, Leopardo e, claro o elefante.

Kruger Park, O Safari

O Kruger National Park é um dos maiores locais para Safari da África do Sul. Lá é um dos melhores para curtir os animais selvagens em seu habitat, e dá realmente pra sentir a vibe de vida selvagem.

No Kruger  TUDO é natural (lagos rios florestas, descampados, vegetação e e etc), e como mencionei os animais nasceram lá.

Estive no Kruger durante 4 dias no acampamento (existe opção de quartos privativos e mais luxuosos também).  Dormi em uma cabana, e foi incrível, porque as hienas chegam pertinho a noite, tem manada de elefante passando perto de madrugada… MUITO MASSA!

326974_334832379860627_483532218_o
Camping no Kruger

 

IMG_1044
Elefante selvagem
IMG_1047
Hienas, perto do acampamento
IMG_1173
Elefante Selvagem

IMG_1174

IMG_1175

IMG_1177
Insira um título

IMG_1178

Como eu disse em postagens anteriores o GAME 4×4 (ou Safari), é literalmente um jogo, pois pode-se ou não encontrar os animais.  Algumas pessoas não conseguem ver todos, nem após 4 dias de busca.

IMG_1195
Israel, nosso guia por 4 dias de safari.

É cansativo mas vale muito a pena. As histórias contadas pelos guias, a grandiosidade dos animais, e nos depararmos com a nossa fraqueza, muda a vida.

Todo o pacote (contando passagem aérea, hospedagem em Johannesburg e o Safari, desembolsei R$ 2,000.00 em 2011, aproximadamente).

Para este passeio é necessário dispor de pelo menos 5 dias (4 dias só no Safari) pois é necessário estar em Johannesburg as 6:00 a.m. para a saída rumo ao Kruger Park.

A chegada acontece 4 dias depois a noite.

IMG_1375

Existem outros pacotes de menos dias no Kruger. Mas como é uma das experiências mais incríveis na África, recomendo que sejam dedicados mais dias a ele.

Game Lodge

Antes de ir parar no Kruger, fiz um Safari menor no caminho do Garden Route [rota bem famosa que vai da Cidade do Cabo até Port Elizabeth].

Neste lodge, é possível ver o BIG FIVE (Leão, Leopardo, Búfalo, Rinoceronte e Elefante), mas é bem menor.

Você consegue ver os bichos mais de perto. No entanto, essas reservas geralmente são “arranjadas”, ou seja, foram montadas, cercadas e os animais foram postos lá, não é onde nasceram.

É possível tirar boas fotos neste tour que leva cerca de 3 horas sobre um carro aberto.

394731_338575286153003_1561004037_nsa-gardem-route-2378.jpg

Para este Safari, é interessante fazer o Garden Route (Rota 62 pelo litoral Sulafricano), é o que vale mais a pena. TODA trip do Garden Route custou ficou em torno de R$1.000,00 (em 2011) + extras opcionais (Game 4×4 100,00 reais aproximadamente), e você dispõem de 4 a 5 dias. Nesses dias você conhece muitas praias, passa por santuários de Elefante parques nacionais e etc.

Safaris em Cape Town e Wine Lands

Existe ainda”safaris menores” em Cape Town, que custam em torno de R$150 reais, em que você com certeza verá a maior parte dos bichinhos, mas é no esquema quase zoológico. Não tem aquele ritmo aventureiro de vida selvagem, como no Kruger.

NO ENTANTO,  se a ordem é não gastar muito e tempo em Cape Town é pouquíssimo, uma opção em que você consegue ter contato com os bichos, mas que NÃO é safari, é o tour pelas WINE LANDS, em Cape Town.

Lá, além de provar os vinhos, é possível conhecer as CHEETAS [guepardos] – um dos animais mais rápidos do mundo –  e conhecer um viveiro de pássaros MUITO MASSA.

Wine Lands, Cape Town - Africa do Sul

Este Tour dura pelo menos meio dia.

Wine Lands, Cape Town

Seja qual for a sua escolha de safari, fique tranquilo pois a África do Sul foi a melhor de todas. Com certeza será uma das maiores experiências da sua vida.

Respeite e entenda a vida selvagem e a natureza de cada um.

Se tem alguma dúvida, quiser mais infos, comentem aqui ou me mandem e-mail no bah.almeida89@gmail.com

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.