O Verdadeiro diamante africano I

Tinha um post prontinho pra escrever, mas hoje me deu vontade de escrever o que esta no meu coração. Então, vamos lá.

Não fui pra Africa com intenção de fazer caridade.

A pessoa que mais precisava ser tratada no meu mundo era eu.

Por fora, até tinha uma bela viola (como diria vovó), mas por dentro o pão estava mesmo bolorento, mofado, úmido e completamente fechado.

O tempo em São Paulo, estava me deixando fria, crescendo com uma maturidade falsa, forçada, sem tesão.

Eu sempre soube que a viagem seria boa, mas não imaginava que seria tanto.

Abriu meus horizontes, renovou o que eu tinha por dentro e mudou o meu caminhar, mas não o meu caminho.

Me fez encarar com mais seriedade o que tenho pra enfrentar este ano, me fez entender o que é perseverança, objetivos e real vocação pra vida.

Neste ano de 2012, tenho a sensação muito grande de trabalho duro, e precisarei ter muita persistência e resignação pois a coisa não vai ser fácil. Não mesmo.

Mas independente da facilidade do ano ou não, sei que conseguierei edificar a minha vida.

Eu escolho uma “casa” simples, com qualidade de vida e escolho trabalhar com pessoas, história e arte. Não dá mais pra fugir.

Claro que isso ainda não é possível, pois preciso organizar a minha casa, meus conhecimentos, os meus compromissos e encaixar todas as peças do quebra-cabeça, que ainda estão soltas.

E o mais importante, PARAR de CULTUAR o que eu não gosto na minha vida e todas as coisas que parecem dificeis e desagradáveis.

Deus me ensinou muita coisa nessa viagem, inclusive que o caminho mais facil para o que queremos é ter o coração aberto para pedir e ser atendido. E O MAIS IMPORTANTE, COM FELICIDADE E HUMILDADE.

Obrigada aos SulAfricanos e todos que passaram por mim nesse mes, pois sem perceberem, me ajudarama reconstruir a minha vida.

Sei que é necessário manter a cabeça fora da água, para não se afogar.

é isso,

Bárbara

I had a post all ready to publish, but today I want to write what’s in my heart. So here we go.

I didn´’t go to Africa with the intention to give charity.

I was the person who most needed to be helped in my world.

Outside myself, even had a beautiful accoustic guitar (as Grandma would say), but inside the bread was really stale, musty, damp and completely closed.

The time in Sao Paulo, was making me cold, growing with a false maturity, forced, without stimulation.

I always knew that travel to South Africa would be good, but did not think it would be shit! (London slang)

It openned my horizons, renewed inside me  and changed my walk, but not my way.

It made me look more seriously what I have to face this year, made ​​me understand what perseverance means, goals and real vocation for life.

In 2012, I feel too big of hard work, and I will need a lot of persistence and patience because I feel that will not be easy. Not at all.

But regardless of the ease of the year or not, I know I could build my life.

I choose a “home” simple, quality of life and choose to work with people, history and art.You can no longer get away.

Of course this is not possible to be right now, because I need to organize my home, my knowledge, my commitments and fit all the pieces of the puzzle that are still loose.

And most importantly, STOP to worship what I do not like in my life and all things that seem difficult and unpleasant.

God taught me a lot on this trip, including the easiest way to what we want is to have an open heart and ask to be served. AND MOST IMPORTANT, AND HAPPINESS WITH HUMILITY.

Thanks to all South Africans that I met  this month, because helped me to re-build my life.

Now I know it’s necessary to keep head above water, to do not drown.

That’s all,

Bárbara & Google translate.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.